(31) 3595-2046 | Whatsapp: (31) 98889-6880 | Endereço: R. Lima Barreto, 43 - Santa Branca, Belo Horizonte - MG contato@grupotomanik.com.br

Alguns detalhes tornam o casamento ainda mais especial. Uma cerimônia emocionante e inesquecível para os noivos e para os convidados exige atenção em cada detalhe, e a escolha do melhor repertório de música para o seu casamento tornará a cerimônia muito especial.

Fazer o repertório pode ser um pouco trabalhoso, mas fizemos um passo-a-passo para te ajudar nessa decisão.

Confira também em vídeo:

 

1 – Contratar profissionais de qualidade e confiança

O primeiro passo é contratar os profissionais para tocarem na cerimônia do seu casamento. Os profissionais mais requisitados têm as agendas lotadas, por isso a importância de contratá-los com antecedência.

Busque profissionais com uma carreira sólida, que passem confiança no trabalho e que sejam os melhores no que fazem. O trabalho deles (e nosso) vai além apenas da música, envolve também emocionar pessoas.
Não há nada mais decepcionante do que não ter a expectativa atendida no seu grande dia, e para que tudo aconteça como você sempre sonhou, conte com uma equipe profissional que trate o seu casamento como único.

Para ajudar na escolha, visite a empresa e solicite uma demonstração ou peça para ver os músicos tocando em uma cerimônia. Nada melhor do que ver os profissionais em ação.

Não leve em conta apenas o orçamento, pois os valores podem ser parcelados para facilitar o pagamento. Busque qualidade na execução do serviço.

2 – Consultar as regras do local da cerimônia

Muitas igrejas têm regras para o repertório que será tocado na cerimônia. Sempre verifique se a Igreja possui alguma regra, seja para as músicas ou para os demais detalhes.

Algumas permitem apenas músicas religiosas, outras permitem todos os tipos de música, mas apenas instrumental, outras têm regras para a ordem das entradas. Locais particulares, como chácaras, por exemplo, geralmente não possuem regras rígidas para a cerimônia, mas sempre vale a pena conferir.

3 – Definir quais serão os momentos da cerimônia

Reforçando a dica anterior, é necessário verificar primeiramente quais são as regras do local, e depois definir junto com sua cerimonialista quais serão os momentos da cerimônia.

Geralmente são:

– Entrada dos padrinhos
– Entrada dos pais trocados
– Entrada do noivo
– Entrada dos pajens
– Clarinada
– Entrada da noiva
– Benção das alianças
– Comunhão
– Assinaturas
– Saída

Definidos os momentos, é hora de decidir quais serão as músicas.

4 – Escolher o estilo do casal

O casamento precisa ter a identidade dos noivos em cada detalhe, e na escolha do repertório de música não poderia ser diferente.

Você e seu noivo são fãs de Senhor dos Anéis? O que acham de adicionar uma música do filme no seu repertório?

Uma das músicas tema do filme é uma opção que pode ser utilizada na entrada do noivo, por exemplo:

Vocês têm alguma música especial que conte a história do casal? Ela também pode ser utilizada na cerimônia!

Quer uma música mais tradicional? Gravamos uma linda versão de Jesus, alegria dos homens que está presente na maioria dos casamentos:

Existe uma infinidade de músicas, por isso é importante definir qual é o estilo dos noivos. Dessa forma, facilita a escolha do repertório de músicas e o casamento ficará com a cara dos noivos.

5 – Assistir a vídeos do YouTube

O YouTube tem diversos conteúdos para te ajudar na escolha das músicas! Nós, inclusive, temos um canal com várias opções.

Pela nossa experiência, uma das músicas mais tocadas e que emociona a todos é a Ave Maria. Ela nunca sai de moda, e pode ser utilizada em diversos momentos, como na Benção das Alianças, Comunhão e até mesmo na Entrada da Noiva.

6 – Pedir dicas para suas amigas que estão noivas ou recém-casadas

Sempre tem alguma amiga que está planejando o casamento, ou recém-casadas que já escolheram o repertório de música para o casamento e podem compartilhar algumas dicas com você.

Vá a casamentos e repare na emoção dos convidados a cada música tocada. Os momentos são lindos, e a música ao fundo dá um toque especial.

7 – Auxílio do profissional para escolha dos instrumentos

Definidos os momentos e as músicas, chegou a hora de escolher os instrumentos.

Nos casamentos das princesas sempre ouvimos as clarinadas, não é mesmo? Agora pode ser o seu momento de princesa, onde os clarins podem anunciar a sua entrada, e pode ter certeza, ela será muito mais emocionante!

Você terá um casamento ao ar livre? Imagine a elegância das suas fotos e a surpresa dos seus convidados ao se depararem com um lindo piano.

Esse é o melhor momento para entrar em contato com a empresa contratada para mostrar suas músicas e escolherem juntos as melhores opções de instrumentos.

8 – Informe o repertório de músicas do seu casamento para os profissionais e tire todas suas dúvidas – Atenção para não deixar para a última hora!

O último passo é informar os profissionais sobre o repertório escolhido.

No mês que antecede o casamento, a noiva precisa se preocupar com diversos detalhes, então não deixe a escolha do repertório de música do seu casamento para a última hora. Informe os profissionais com pelo menos 2 semanas de antecedência, para que eles possam se programar e ensaiar para o seu casamento.

Apesar de trabalharmos semanalmente, cada casamento é único e precisa de uma atenção especial. Antes de fechar seu contrato, sempre verifique que suporte os músicos te oferecerão.

Siga-nos

contato@grupotomanik.com.br

 

Rua Lima Barreto, 43

Santa Branca

Pampulha

BELO HORIZONTE - MG

Fixo: (31) 3595-2046

WhatsApp/Celular: (31) 98889-6880

WhatsApp/Celular: (31) 98893-7246

Contato via WhatsApp
Contato via WhatsApp