(31) 3595-2046 | Whatsapp: (31) 98889-6880 | Endereço: R. Lima Barreto, 43 - Santa Branca, Belo Horizonte - MG contato@grupotomanik.com.br

Quem nunca ouviu a frase “não passe a vassoura nos pés, senão você não vai casar”? As tias, mães e avós sempre têm diversas superstições, e por mais que sejam situações inusitadas, você não ignora. Com os casamentos, então, não poderia ser diferente. Existem diversas superstições de casamentos, e vamos falar de algumas delas para que você possa se preparar para o seu grande dia.

As superstições mais conhecidas são casar de branco, jogar arroz nos noivos e não permitir que o noivo veja o vestido antes do casamento. É difícil dizer de onde todas elas vieram, mas muitos casais preferem segui-las para não atrair má sorte para o seu casamento.

Conheça as superstições de casamento mais comuns e o que elas significam:

O noivo não deve ver a noiva antes do casamento

Essa superstição começou na época em que os casamentos eram arranjados pelos pais e os noivos não se conheciam. Dessa forma, sem se ver antes da cerimônia ambos não mudariam de ideia.

Essa é uma superstição que já está sendo quebrada, pois boa parte dos casais estão fazendo o first look, que é muito comum nos casamentos dos Estados Unidos. É o momento que os noivos se encontram prontos antes da cerimônia e realizam um ensaio fotográfico mostrando a reação de ambos.

Chuva de arroz

A chuva de arroz vem da tradição chinesa e hindu. Ela significa prosperidade, saúde boa sorte e felicidade. Além de ficar lindo nas fotos, significa que os pais e padrinhos estão desejando tudo isso ao casal.

Usar uma coisa velha, uma coisa nova, uma coisa emprestada e uma coisa azul

Essa é uma tradição norte-americana e tem diversos simbolismos. O ditado original é something old, something new, something borrowed and something blue.

Uma coisa velha significa a tradição e o passado da família, e pode ser usado algo que remeta ao passado, como uma joia ou o mesmo véu utilizado pela sua mãe.

Uma coisa nova significa otimismo e é o mais fácil dessa superstição, pois podem ser seus sapatos, o vestido ou até mesmo a lingerie nova.

Uma coisa deve ser emprestada de quem tem um casamento bem-sucedido, e simboliza a felicidade compartilhada pelo casal. Pode ser um item de uma madrinha de casamento, como um grampo de cabelo, por exemplo.

O azul significa felicidade, pureza, amor eterno e a Virgem Maria para os católicos. Todos os tons de azul são permitidos e pode ser uma flor no meio do seu buquê, uma lingerie, um toque azul na maquiagem e até mesmo um detalhe no seu sapato.

A superstição de casamento mais tradicional: A noiva deve se casar de branco

O vestido branco simboliza a pureza e o amor e existem diversas versões para o início da tradição.

O vestido branco se popularizou após a rainha Vitória da Inglaterra, no século XIX, casar com um vestido de renda feita a mão. Depois disso, o vestido na cor branca começou a dominar os casamentos, especialmente porque ela foi a primeira nobre a se casar por amor.

Marcha nupcial

Uma das versões da tradição da marcha nupcial é que a Rainha Vitória era fã do músico Felix Mendelssohn, e encomendou uma composição especial. A música, que ficaria conhecida como “Marcha Nupcial”, foi composta em 1842 e ganhou fama após ser usada para o casamento de uma das filhas da rainha Vitória.

Colocar o nome das amigas solteiras na barra do vestido

Para dar um empurrãozinho e ajudar as amigas solteiras e encontrarem alguém especial, também existe a superstição de colocar o nome delas na barra do vestido.

Podem ser utilizadas fitas adesivas, fitas de cetim, escrever direto no vestido ou até mesmo bordar o nome das amigas.

Chuva no dia do casamento

Segundo as superstições de casamento, a chuva no grande dia significa muita sorte ao casal. Isso porque a chuva é associada a fertilidade e limpeza, e levará embora todas as energias e pensamentos negativos que rondam o casal.

Outra crença popular é que se a menina comer na panela choverá no dia do casamento. Então se deseja chuva no seu grande dia, já sabe como atrair.

Jogar o buquê

O hábito das noivas jogarem o buquê surgiu na França, no século XIV. Dizem que quem pegar o buquê será a próxima a se casar.

Alianças

As alianças também possuem seu simbolismo. Para os egípcios, um círculo não tem começo nem fim e representa a eternidade do matrimônio.

Também existe uma razão para as alianças serem usadas na mão esquerda. Os gregos acreditavam que o dedo anelar possuía uma veia que levava direto para o coração, fazendo que os corações dos casais permanecessem sempre atraídos um pelo outro.

A troca das alianças da mão direita do noivado para a mão esquerda após o casamento representa a aproximação do compromisso definitivo, justamente pela mão esquerda estar mais próxima do coração.

Damas de honra

A tradição das damas de honra surgiu na idade média. Diz a lenda que o objetivo era fazer com que os maus espíritos se confundissem e não conseguissem chegar perto da noiva, pois com várias mulheres vestidas de forma parecida eles não saberiam qual é a mulher correta.

Outro significado também é atrair fertilidade para o casal, quando a dama que entra antes da noiva jogando flores ou pétalas no chão.

Bolo de casamento

Para que os noivos tenham uma vida de partilha e de união, devem cortar o primeiro pedaço do bolo juntos e dividi-lo.

Também existe a superstição de congelar um pedaço de bolo e comer nas bodas de 1 ano de casamento para atrair boa sorte.

Já para os convidados, se uma mulher solteira colocar um pedaço de bolo embaixo do travesseiro sonhará com o futuro marido.

A gravata do noivo deve estar alinhada

Essa é uma superstição de casamento pouco conhecida, mas nasceu de uma crença popular que alguns homens se encontravam com amantes antes do casamento e dessa forma, a gravata não estaria bem alinhada.

Então, se a gravata do noivo estiver torta significa que ele será infiel.

As crenças são muitas – cabe ao casal acreditar ou não nelas.

Gostou dessas dicas? Custa nossa página no Facebook e acompanhe vários outros posts para te ajudar a ter um casamento perfeito!

Siga-nos

contato@grupotomanik.com.br

 

Rua Lima Barreto, 43

Santa Branca

Pampulha

BELO HORIZONTE - MG

Fixo: (31) 3595-2046

WhatsApp/Celular: (31) 98889-6880

WhatsApp/Celular: (31) 98893-7246

Contato via WhatsApp
Contato via WhatsApp