(31) 3595-2046 | Whatsapp: (31) 98889-6880 | Endereço: R. Lima Barreto, 43 - Santa Branca, Belo Horizonte - MG contato@grupotomanik.com.br

curiosidade-casamento

Conheça as principais curiosidades que envolvem uma cerimônia de casamento, como por que o noivo não poder ver a noiva antes do casamento, qual o sentido de jogar arroz e a origem do termo lua de mel.

Bouquet de noiva

Embora não se tenha certeza, há indícios de que o bouquet de noiva surgiu na Grécia como uma espécie de amuleto contra o mau-olhado. Para isso, na sua confecção, era utilizado o alho. E bouquet de noiva tem mesmo poderes mágicos! Por que você acha que as mulheres solteiras disputam para ver quem consegue pegar?

Aliança

Em hebraico, a aliança é chamada de bérith, que possui o sentido de compromisso. O anel usado pelos casados tem um significado duplo: o de unir e, ao mesmo tempo, isolar. No plano esotérico, a aliança de casamento possui poderes mágicos: é o que protege e une.

Vestido de noiva

A cor branca do vestido de noiva só foi popularizado no século XVII, no casamento da rainha Vitória. Foi ela quem lançou a moda, que permanece até os dias atuais. Antes disso, a cor mais usada era o vermelho, especialmente na Idade Média. Mas não havia uma cor específica para a cerimônia. Mas o branquinho básico pegou por que tem tudo a ver com casamento. A cor simboliza a castidade e a pureza.

Jogar arroz

Jogar arroz nos noivos é uma tradição antiga da China, usada há dois mil anos. Os grãos simbolizam a fertilidade, por isso jogar arroz no casal significa desejar fartura para os noivos.

Peça azul

Há um ditado em inglês voltado para quem vai casar: “Something old, something blue, something borrowed, something new”. A tradição de a noiva usar uma peça azul é para “cortar a inveja” das moças solteiras. A noiva deve também encontrar algo usado (pode ser um branco, o véu, um acessório) de alguém que já foi feliz no casamento. E algo novo, que simboliza uma vida nova.

Grinalda

A grinalda é um símbolo de status e riqueza. Sua pompa e elegância fazem com que a noiva se pareça com uma rainha, diferenciando-a dos convidados.

Véu

Poucas pessoas sabem, mas o simbolismo do véu é um dos mais interessantes. Hijab (véu), quer dizer, em árabe, “o que separa duas coisas”. O véu da noiva significa que a mulher vai separar-se da vida de solteira, para entrar em uma nova vida: a de esposa.

Noivo não poder ver a noiva antes do casamento

Tradição milenar praticada por quase todos os povos. Alguns países árabes levam isso a sério: o casamento é celebrado apenas entre homens, entre o pretendente e o pai da noiva. A noiva não participa, tem de aguardar em outra sala. A tradição também diz que o homem não pode tocar em nenhum pertence da noiva, pois isso quebraria o encanto do matrimônio. Pode-se tocar apenas em objetos de vidro e ouro.

Lua de mel

Hoje a palavra Lua de mel é sinônimo de viagem dos noivos, mas ela tem origem no povo germânico, que tinha costume de se casar na Lua Nova. Na cerimônia, os noivos tinham de beber uma mistura de água com mel, que dava sorte. Já em Roma, o costume era que os convidados pingassem gotas de mel na porta de entrada da casa dos noivos para que estes tivessem uma “vida doce”.

Noivo carregar a noiva no colo

Um costume do povo oriental, que acredita que os gênios ruins (que atacam apenas as mulheres) ficam a espera da noiva na porta do quarto nupcial. O marido protege a esposa carregando-a, para protegê-la de algo ruim.

Fonte: Casamento Click

Contato via WhatsApp
Contato via WhatsApp