(31) 3595-2046 | Whatsapp: (31) 98889-6880 | Endereço: R. Lima Barreto, 43 - Santa Branca, Belo Horizonte - MG contato@grupotomanik.com.br

Você está em dúvida entre tantos tipos de lembrancinhas disponíveis, e já viu o bem-casado em diversos casamentos?
Nesse post vamos contaremos a história dos bem-casados para te ajudar a decidir se utiliza ele como a lembrancinha do seu casamento ou apenas como um item adicional para não quebrar essa tradição.

A história dos bem-casados

Existem diversas versões para contar a história dos bem-casados (também conhecidos como casadinhos em algumas regiões), mas o que pode ser dito com certeza é que esse é um doce de Portugal que ganhou o gosto dos brasileiros.
A superstição do bem-casado é que ele deve ser oferecido a cada convidado, representando a união dos noivos e trarão sorte e prosperidade aos recém-casados, mostrando a união e o compromisso mútuo entre os dois.
Além disso, todos que comerem o doce serão abençoados com a mesma felicidade dos noivos.

Como eles são produzidos e apresentados

Como o bem-casado é um doce delicado, é necessária uma produção artesanal para garantir um bom sabor.
A massa deve ter uma textura leve e macia, semelhante ao pão de ló, e o recheio mais tradicional é de doce de leite, mas pode variar conforme o gosto dos noivos.
A embalagem de apresentação normalmente combina com a decoração.
O mais tradicional é apresentar os doces em uma embalagem de papel crepom, enrolado em uma fita de cetim e com uma tag de agradecimento dos noivos.

Como acertar na quantidade

Existem duas formas de calcular a quantidade. A primeira é considerar 1 bem-casado para cada convidado e solicitar a produção de aproximadamente 10 a mais para não correr o risco de faltar.
Essa opção geralmente é utilizada quando os bem-casados serão colocados nas mesas dos convidados, junto com cada prato.
A segunda forma é considerar 20% a 30% a mais, caso utilize os bem-casados como parte da decoração. Nesse caso, tenha uma mesa decorada com eles que seja de livre acesso de todos os convidados, como ao lado da mesa de café ou perto da saída, por exemplo.
Nesse caso, como os doces estarão livres, alguns convidados podem pegar bem-casados a mais, e o ideal é comprar maiores quantidades para que não corra o risco de faltar.
Você pode solicitar a ajuda da sua cerimonialista para distribuir e controlar os bem-casados, mas deixe isso claro pois podem ocorrer custos extras.

Por quais doces o bem-casado pode ser substituído?

Alguns casais não gostam do sabor do bem-casado, ou desejam fugir do tradicional, e o substituem por outros doces semelhantes. Se esse é o seu caso, veja algumas opções:

Alfajor

Uma ótima opção para substituir os bem-casados são os alfajores.
Esse é um doce tradicional da Argentina, mas já está inserido no Brasil há muitos anos e, por isso, é uma boa dica para substituir os bem-casados.

Mini bolo

O mini bolo pode ser feito no mesmo modelo do seu bolo de casamento, o que o torna uma linda opção se não deseja optar pelos bem-casados.

Brownies

O brownie também é um tipo de bolo, mas por conter a massa e o recheio de chocolate, é mais aceito pela maioria dos convidados, afinal, a maioria adora chocolate.

Macaron

O macaron é um doce francês que está sendo muito aceito pelos brasileiros.
Ele é feito com uma massa leve que contém farinha de amêndoas e o recheio pode variar conforme o gosto do casal.
Além disso, ele pode ser feito de diversas cores para combinar com a decoração do seu casamento.
Além de ser oferecido como lembrancinha, também é possível utilizá-lo na mesa de doces em formato de torres de macarons.

Beneditos

Os beneditos são uma nova tendência nos casamentos e está conquistando especialmente os amantes de chocolate.
Seu slogan é “Beneditos – é pecado não comer!”, e pode resumir um pouco do sabor desse doce.
Ele é feito com biscoitos finos e recheado com creme de chocolate, podendo ser colocado em caixinhas personalizadas.
O doce é exclusivo da marca Beneditos, e por isso pode ter um custo um pouco elevado, mas com certeza conquistará o paladar de todos os convidados.

Cupcakes

Os cupcakes são um tipo de mini bolos e podem ser servidos em caixinhas de acrílico para os convidados.
É possível colocar forminhas de diversas cores, além colocar chantilly colorido, ou fazê-los personalizados.
Alguns noivos optam por fazer o bolo de cupcake, substituindo o bolo de corte tradicional.

Bolo de rolo

O bolo de rolo é uma sobremesa tradicional do nordeste do Brasil e também pode ser entregue como lembrancinha para os convidados.
Essa ideia é utilizada especialmente em casamentos feitos na praia, ou em casamentos com famílias nordestinas, pois mostrará as raízes dos noivos.

Palha italiana

A palha italiana é um doce fácil de ser feito e é uma ótima opção para as noivas que desejam economizar e fazer sua própria lembrancinha de casamento.
Esse doce é feito basicamente com bolacha maisena (ou bolacha Maria) com recheio e cobertura de brigadeiro e pode ser embalado como um bem-casado.

Pão de mel

O pão de mel pode ser feito com ou sem recheio, e o recheio mais tradicional é de doce de leite, assim como os bem-casados.
Porém, ele também pode ser recheado com chocolate, beijinho, brigadeiro, ou o doce que o casal preferir.

Muitas noivas preferem dar lembrancinhas úteis ou comestíveis, e os bem-casados ainda são o doce mais tradicional dos casamentos.
Se você não gosta de bem-casados ou deseja fugir do tradicional, todas as opções citadas são bem aceitas pelos convidados.
Se possível, coloque na embalagem da lembrancinha uma tag de agradecimento aos convidados, deixando seu doce personalizado.

Gostou dessas dicas? Custa nossa página no Facebook e acompanhe nossos posts para te ajudar a ter um casamento perfeito.
Ainda não tem músicos para o seu casamento? Conheça nosso trabalho no Youtube!

Siga-nos

contato@grupotomanik.com.br

 

Rua Lima Barreto, 43

Santa Branca

Pampulha

BELO HORIZONTE - MG

Fixo: (31) 3595-2046

WhatsApp/Celular: (31) 98889-6880

WhatsApp/Celular: (31) 98893-7246

Contato via WhatsApp
Contato via WhatsApp